Our Blog

Foto mostra vencedores do Desafio Criativos da Escola apresentando o projeto. No fundo um tel√£o escrito #eusoucriativo.

Em¬†fevereiro de 2015, Wellington Nogueira, no evento do lan√ßamento do projeto Criativos da Escola no Brasil, lan√ßou aos convidados a seguinte pergunta: ‚ÄúPara onde a criatividade pode nos levar?‚ÄĚ Naquele momento, t√≠nhamos algumas suspeitas, mas n√£o imagin√°vamos o que estaria por vir. Dez meses depois, no evento de celebra√ß√£o do Desafio Criativos da Escola, que aconteceu no dia 11 de dezembro, vieram as respostas mais bonitas, surpreendentes e inspiradoras, pelas vozes de 25 crian√ßas e jovens e 10 educadores de todo o pa√≠s.

A semana da premia√ß√£o come√ßou no dia 8, quando os cinco grupos vencedores do Desafio desembarcaram em S√£o Paulo, vindos de v√°rios cantos do pa√≠s: Porto Velho (RO), Parnamirim (RN), Sim√Ķes Filho (BA), Pacoti (CE) e Sobradinho (DF). Do aeroporto, foram direto para o Centro Paulus, uma hospedaria em meio √† natureza em Parelheiros, no extremo sul da cidade.

Lá a equipe do Criativos e os grupos passaram dois dias se conhecendo, compartilhando experiências, sonhando com o seria feito dali pra frente e, sobretudo, tirando ideias do papel e trazendo-as para a realidade. Para conduzir uma experiência transformadora e inesquecível, a equipe do Mesa&Cadeira reuniu 10 profissionais apaixonados pelo que fazem para ajudar a cumprir uma missão.

O desafio posto era criar uma plataforma para comunicar, inspirar e mobilizar outros jovens a se engajarem na transforma√ß√£o de suas realidades. Depois de muitas conversas, ideias, risadas, trocas, emo√ß√Ķes e, principalmente, m√£o na massa e envolvimento de todos, nascia o movimento¬†Eu sou Criativo, criado¬†por¬†e¬†para¬†crian√ßas¬†e jovens de todo o pa√≠s.

No dia 11, na Avenida Paulista, 150 pessoas foram ao Ita√ļ Cultural para conhecer os projetos vencedores do Desafio Criativos da Escola ‚Äď contados pelos seus protagonistas ‚Äď e ver¬†o que havia sido criado por esses criativos ao longo dos dois dias anteriores. No inicio do evento, uma homenagem ao movimento da ocupa√ß√£o de Escolas Estaduais de S√£o Paulo protagonizado por estudantes que est√£o coletivamente repensando, construindo e se apropriando de suas escolas: ‚ÄúAntes a gente seguia regras, obedecia, agora estamos aprendendo de verdade, todos os alunos t√™m voz‚ÄĚ, disse Brenda, uma das representantes da Escola Manuel Ciridi√£o Buarque.

Em seguida, vieram as apresenta√ß√Ķes dos cinco projetos vencedores: Gaiolas Liter√°rias,¬†Ar refrigerado e √°gua: uma combina√ß√£o que d√° vida,Hist√≥ria Constru√≠da por Blocos,¬†Grupo de Apoio e Conselhos (GAC)¬†e¬†Jovem Explorador. No palco, um misto de emo√ß√£o, orgulho e alegria que tomava conta; pelos microfones, ecoavam depoimentos que ficar√£o guardados na mem√≥ria de quem os escutou.

Os alunos apresentaram o movimento Eu sou Criativo, com a exibi√ß√£o do¬†v√≠deo-manifesto¬†feito por eles pr√≥prios. E, para encerrar a manh√£, muita m√ļsica com os Embatucadores e a Banda Alana. Uma festa linda, emocionante e muito inspiradora, que ficar√° na mem√≥ria de quem estava presente. E os grupos se despediram com a certeza de que, nesses quatro dias, muitas flores foram colhidas e outras tantas sementes foram plantadas. Que venham as pr√≥ximas colheitas.

*texto publicado originalmente no site do Criativos da Escola

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    X