Our Blog

Desenho de duas crianças batendo na mão uma da outra.

No dia 10 de novembro, a Rede Nacional Primeira Inf√Ęncia (RNPI) divulgou o mapeamento Obesidade na Primeira Inf√Ęncia, em parceria e com o apoio financeiro do Instituto Alana, Funda√ß√£o Abrinq, Funda√ß√£o Maria Cecilia Souto Vidigal e Funda√ß√£o Jose Luiz Egydio Set√ļbal. O relat√≥rio apresenta dados sobre preval√™ncia, fatores de risco e consequ√™ncias do excesso de peso de crian√ßas de at√© seis anos de idade, al√©m de recomenda√ß√Ķes de a√ß√Ķes para a preven√ß√£o do problema.

Nos diversos estudos levantados pelo mapeamento, constata-se que os meninos s√£o mais obesos do que as meninas e que as regi√Ķes Norte e Nordeste s√£o as mais afetadas pelo problema. A obesidade e o sobrepeso t√™m crescido entre os √≠ndios e os negros e as maiores incid√™ncias est√£o nas escolas particulares, quando comparadas √†s escolas p√ļblicas. Tamb√©m h√° mais crian√ßas obesas nas √°reas urbanas do que nas zonas rurais.

Foram identificadas 20 leis e resolu√ß√Ķes normativas relacionadas √† preven√ß√£o da obesidade infantil, sendo apenas quatro exclusivas para a primeira inf√Ęncia, focadas na prote√ß√£o, apoio e promo√ß√£o do aleitamento materno. As demais abordam, principalmente, a popula√ß√£o escolar. O mapeamento tamb√©m aponta que grande parte dos alimentos vendidos nas cantinas escolares √© rica em a√ß√ļcar e gorduras e que a influencia da televis√£o, dentre todas as m√≠dias veiculadoras de publicidade, tem poder impactante sobre o consumidor e seus h√°bitos de compra ‚Äď muitos dos alimentos anunciados¬†s√£o considerados obesog√™nicos.

Entre as recomenda√ß√Ķes para a preven√ß√£o da obesidade na primeira inf√Ęncia est√£o a melhoria na qualidade da assist√™ncia √† sa√ļde materno-infantil; incentivo ao aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida; forma√ß√£o e atualiza√ß√£o de profissionais de sa√ļde; capacita√ß√£o dos profissionais que atuam nas creches; restri√ß√£o de incentivos fiscais sobre a venda de produtos ricos em a√ß√ļcares e gorduras; regras claras para a publicidade de alimentos direcionados¬†√† popula√ß√£o infantil; fiscaliza√ß√£o e monitoramento dos programas de alimenta√ß√£o escolar e cantinas; inclus√£o de programa curricular de educa√ß√£o nutricional desde a menor idade; est√≠mulo ao padr√£o familiar de atividade f√≠sica¬†e¬†campanhas de conscientiza√ß√£o da import√Ęncia da fam√≠lia como modelo de alimenta√ß√£o saud√°vel.

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    X