Our Blog

L√°pis coloridos juntos formando um circulo.

O Campaign for a Commercial-Free Childhood¬† (CCFC) √© um movimento de conscientiza√ß√£o dos malef√≠cios da publicidade direcionada √†s crian√ßas e promove uma inf√Ęncia livre dos interesses comerciais.

Ana Lucia Villela, presidente e co-fundadora do Instituto Alana, juntou-se ao Conselho Administrativo do Campaign for a Commercial-Free Childhood (CCFC) – Campanha para uma Inf√Ęncia Livre de Com√©rcio (tradu√ß√£o livre) – organiza√ß√£o n√£o-governamental com sede nos Estados Unidos. O CCFC, fundado em 2000 pela psic√≥loga Susan Linn e um grupo de educadores, profissionais da sa√ļde e pais, trabalha para apoiar os esfor√ßos das fam√≠lias que se preocupam em evitar a exposi√ß√£o das crian√ßas √† publicidade e luta pelo fim do marketing direcionado ao p√ļblico infantil.

O CCFC anunciou em sua √ļltima newsletter a chegada da nova conselheira. “Estamos animados em ter a paix√£o, lideran√ßa e experi√™ncia da Ana Lucia em nosso Conselho‚ÄĚ, dizia o texto. ‚ÄúDepois de participar de um dos¬†Consuming Kids Summits¬†do CCFC, ela levou ao seu pa√≠s a luta pelo combate √† publicidade para crian√ßas com a cria√ß√£o do Projeto Crian√ßa e Consumo. Desde ent√£o, a iniciativa, que faz parte do Instituto Alana, conquistou diversas vit√≥rias‚ÄĚ, completa o texto.

Ana Lucia √© formada em Pedagogia e Administra√ß√£o, com mestrado em Psicologia da Educa√ß√£o pela Pontif√≠cia Universidade Cat√≥lica de S√£o Paulo. Ela √© membro do conselho de v√°rias institui√ß√Ķes do terceiro setor, como a Conectas Direitos Humanos, Ita√ļ Cultural, Instituto Akatu e Brincante. Ana Lucia tamb√©m √© membro da Ashoka Fellows, rede de empreendedores sociais.

logo

Comments ( 2 )

  • Rog√©rio Santos da silva says:

    Muito bom estou feliz em conhecer!

  • Nadir Francisco do Amaral says:

    Parabenizo pelo excelente trabalho. Somos tamb√©m uma ONG voltada a sa√ļde da popula√ß√£o negra e sentimos na pele a dificuldade em passar informa√ß√Ķes para o setor p√ļblico de sa√ļde bem como para a sociedade civil.
    Quem sabe num futuro pr√≥ximo possamos nos encontrar e trabalharmos em conjunto, sa√ļde e educa√ß√£o.

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

X