Our Blog

Foto mostra McKinsey sentado dando uma palestra.

Marcus Frank, consultor sĂȘnior da empresa, relatou o processo da pesquisa e os resultados obtidos.

O estudo O valor que os colaboradores com sĂ­ndrome de Down podem agregar Ă s organizaçÔes, elaborado pela consultoria McKinsey & Company para o projeto Outro Olhar, do Instituto Alana, foi apresentado por Marcus Frank, consultor sĂȘnior da McKinsey, na Organização das NaçÔes Unidas (ONU), em Nova York.

Frank participou do evento que celebra o Dia Internacional da Síndrome de Down, comemorado em 21 de março. A data estabelecida pela ONU tem o intuito de fazer com que cada vez mais pessoas ao redor do mundo se sensibilizem com a causa. O tema deste ano foi “My Opportunities, My Choices – Enjoying Full and Equal Rights and the Role of Families” – que dialoga diretamente com o estudo da McKinsey.

Durante sua fala, Marcus explicou que “hĂĄ uma preferĂȘncia por parte das empresas em contratar pessoas com desabilidades fĂ­sicas apenas para cumprir a legislação”. E segundo ele, foi por isso que a McKinsey entrou nessa histĂłria, “as empresas devem promover a inclusĂŁo do ambiente de trabalho, nĂŁo por obrigação, mas pelas melhorias na competitividade”, contou.

O estudo mostra que a inclusĂŁo de pessoas com a sĂ­ndrome gera impacto positivo em cinco de nove dimensĂ”es que medem a saĂșde organizacional, como liderança, satisfação do cliente, cultura e clima, motivação da equipe e coordenação e controle. E que uma empresa saudĂĄvel apresenta uma maior probabilidade de apresentar uma margem EBITDA e lĂ­quida acima da mĂ©dia.

Na pesquisa foram ouvidos 2.000 funcionĂĄrios e 83% deles disseram que a presença de uma pessoa com Down faz com que o lĂ­der se torne mais capacitado para resolver conflitos. A consultoria conversou tambĂ©m com 20 lĂ­deres de RH de empresas nacionais e estrangeiras, alĂ©m de diretores de instituiçÔes de apoio a pessoas com deficiĂȘncia intelectual no Brasil, EUA, CanadĂĄ e Europa.

Outro Olhar

O projeto nasce com a missĂŁo de divulgar as singularidades e competĂȘncias das pessoas com sĂ­ndrome de Down, pois acredita que uma sociedade sĂł tem a ganhar quando reconhece nos potenciais de cada um a diversidade que nos trarĂĄ um futuro melhor. Faz isso por meio da produção e disseminação de conhecimento sobre a sĂ­ndrome. Saiba mais em www.outroolhar.com.br

Foto: Reprodução

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    X