Our Blog

Foto mostra mão de criança segurando estátua da justiça

Conheça a Coalizão pela Socioeducação, da qual o Alana faz parte, que tem o compromisso de defender os direitos e melhor interesse de adolescentes

 

O caminho para uma sociedade em que crian√ßas e adolescentes estejam em primeiro lugar inclui um Sistema de Justi√ßa justo, sens√≠vel e amig√°vel √† inf√Ęncia e adolesc√™ncia, que promova os direitos e melhor interesse dessa popula√ß√£o e seja capaz, tamb√©m, de evitar viola√ß√Ķes institucionais.

Com o objetivo de defender os direitos humanos de adolescentes inseridos no Sistema Socioeducativo, por meio de incid√™ncia junto aos Poderes Legislativo, Executivo e Judici√°rio, nasceu a Coaliz√£o pela Socioeduca√ß√£o. Com atividades desde 2019, o grupo re√ļne coletivos, Frentes Estaduais pelo Desencarceramento, redes, Defensorias P√ļblicas, mecanismos estaduais e nacional de preven√ß√£o e combate √† tortura, pesquisadores com atua√ß√£o nos Sistemas de Justi√ßa Juvenil e Socioeducativo e organiza√ß√Ķes n√£o governamentais – incluindo o Instituto Alana.

O grupo tem como compromisso a luta por uma socioeducação pautada no protagonismo de adolescentes, no fortalecimento e aplicação das normas nacionais e internacionais de defesa, proteção e promoção de direitos da população adolescente no Sistema Socioeducativo Brasileiro. 

No dia 21 de setembro, dia da adolesc√™ncia, a Coaliz√£o fez seu evento de lan√ßamento, que contou com a abertura da poeta Luz Ribeiro Poesia e exposi√ß√Ķes de¬† pesquisadores, representantes diferentes Defensorias P√ļblicas, organiza√ß√Ķes da sociedade civil, e do Mecanismo Nacional de Preven√ß√£o e Combate √† Tortura.

‚ÄúA Coaliz√£o se apresenta como instrumento dial√≥gico, pluri√©tnico e multicultural, em que v√°rios sujeitos e institui√ß√Ķes trocam saberes para a prote√ß√£o e garantia de direitos¬† para os adolescentes‚ÄĚ, disse Solene Costa, da Ouvidoria Defensoria P√ļblica do Estado do Acre, durante o lan√ßamento.

Confira o evento completo e acompanhe as a√ß√Ķes da Coaliz√£o Pela Socioeduca√ß√£o pelas redes sociais:

Comments ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    X