Notícias

3

A iniciativa procura colocar em pauta a importância de garantir que as crianças cresçam e se desenvolvam em contato direto com a natureza e mostrar caminhos para isso.

A distância das crianças com a natureza vem aumentando nas últimas décadas com a urbanização desenfreada, o uso exagerado dos aparelhos eletrônicos e a destruição contínua das áreas verdes. As crianças estão passando mais tempo em ambientes fechados, crescem muitas vezes em meio à poluição e ao barulho, e estão hipnotizadas pelas telas, em um estilo de vida cada vez mais sedentário. O projeto Criança e Natureza surge da sensibilização do impacto negativo do Transtorno do Deficit de Natureza, termo este cunhado pelo autor do livro ‘A última Criança na Natureza‘, Richard Louv, tem na saúde e no desenvolvimento das crianças. Entendendo que o ambiente natural é o seu habitat, o projeto trabalha com o objetivo de garantir que as crianças cresçam e se desenvolvam em contato direto com a natureza.

“O tema da reaproximação das crianças com a natureza ainda é um debate desarticulado e pulverizado, por isso reunimos no site diversos recursos para que os pais, familiares, educadores tenham acesso a um espaço de consulta. Queremos comunicar a sociedade sobre a importância e os impactos positivos que o contato da criança com a natureza contribui para o desenvolvimento integral infantil e para a preservação do planeta”, explica Laís Fleury, diretora do Projeto Criança e Natureza.

No site, lançado nesta quarta-feira (20), além da biblioteca há uma lista com os benefícios de estar ao ar livre, um espaço para a divulgação das ações do projeto, e materiais para incentivar os adultos a levarem as crianças para a natureza, entre eles o Clube Natureza em família, que disponibiliza um manual de como reunir famílias para passarem mais tempo juntas na natureza. As estratégias e ações são desenvolvidas para envolver famílias, educadores e o poder público nessa missão de reaproximar as crianças da natureza.

Acesse o site: criancaenatureza.org.br

Acompanhe as novidades pelo Facebook do projeto.

 

Comentários ( 3 )

Comente

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos necessários *